Início Patologias Ansiedade 3 formas de controlar a ansiedade

3 formas de controlar a ansiedade

1504
0
COMPARTILHE
Ansiedade e depressão

Medo sem motivo, insegurança, suor frio, taquicardia, sensação paralisante e angústia sem causa definida? Estes são os sintomas mais comuns da ansiedade.

Esta doença psíquica é caracterizada pelo sentimento de incapacidade de resolver os problemas mais simples. E tem como nome “transtorno de ansiedade generalizada”. Os tratamentos são feitos através de medicamentos ansiolíticos, mas as mudanças de hábitos podem ajudar a curar este problema.

Fazer terapia – embora a ansiedade muitas vezes tenha origem genética, ela também pode ser o resultado de eventos traumáticos que precisam de ser tratados.

É um erro investir em tratamentos que focam apenas os sintomas físicos e não a origem do problema. Uma boa terapia oferece a oportunidade de verbalizar os seus problemas, conflitos e medos ajudando a mudar os padrões de pensamento. Este processo também é chamado de auto-conhecimento, acredita-se que quanto mais nos conhecermos melhor podemos lidar com os nossos transtornos.

Sentir ansiedade em algum momento do dia ou da semana é normal. Pode ser a preocupação com algo que está para acontecer. O nervosismo que antecede uma apresentação em público. A expectativa de receber o resultado de um exame. O que não é normal e traz muitos prejuízos é quando a ansiedade se torna exagerada, impedindo a pessoa de lidar com actividades quotidianas. Se esse quadro persiste há mais de seis meses o recomendado é consultar um terapeuta e não iniciar um tratamento com medicamentos.

Faça exercício físico – Está mais do que provado que a prática de exercícios físico é uma óptima maneira de tratar a ansiedade. Uma boa caminhada 3 vezes por semana, durante pelo menos meia hora.

A prática de exercícios físico faz com que sejam liberadas toxinas e a produção de seratonina (hormona que gera a sensação de felicidade) aumente. O resultado é um relaxamento natural e uma sensação de prazer.

Para sua caminhada ter mais efeito siga as seguintes orientações:

  • Mantenha a regularidade. É o hábito que leva à cura;
  • Procure ambientes calmos próximos à natureza, como praias e parques verdes;
  • Use o momento da caminhada para ouvir uma música relaxante;
  • Hidrate-se;
  • Use o momento para meditar, pensar, questionar e conversar com seu eu.

Terapias alternativas – Há vários tratamentos alternativos que ajudam a tratar a ansiedade sem os custos de uma terapia ou os efeitos colaterais dos remédios, além disso elas diferem-se das terapias tradicionais que para algumas pessoas são um processo ineficaz. Algumas das inúmeras opções de tratamentos alternativos são:

  • Yoga

O Yoga é muito mais do que a prática de um exercício como também uma ideologia de vida em que é ensinado a controlar a mente e o corpo por meio de um conjunto de técnicas respiratórias, posturas corporais e meditação. Saiba mais aqui.

  • Acupuntura

Esta é uma técnica da medicina chinesa capaz de eliminar dores e também a ansiedade. A acupuntura é feita por meio da aplicação de agulhas esterilizadas em pontos específicos do corpo. Saiba mais aqui. 

A ansiedade é um estado psíquico e mental que deve ser tratado.  Além de consultas médicas, terapia ou terapias alternativos, uma forma de combater a doença é manter uma vida saudável, com uma alimentação equilibrada, contacto com a natureza, atividades físicas e opções de lazer.

Informe-se mais sobre este assunto aqui!

COMPARTILHE
Artigo anteriorComo ter uma boa rotina matinal
Próximo artigoDescubra algumas sobremesas saudáveis
Escritor e ansioso, 10 anos a lidar com psicologia na área da ansiedade e do trauma, experiência em perceber os problemas de quem tem a doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here