Início Cura Mudras

Mudras

796
0
COMPARTILHE
Mudra
Conheça o que são os mudras
Os Mudras são gestos realizados com a mente, as
mãos, os pés, a boca, os olhos ou com o corpo todo. Estão ligados ao fluxo das energias, tanto na mente como no campo energético, e fazem correspondência com o corpo físico, especialmente por meio do sistema endócrino e do sistema nervoso simpático e parassimpático.
Os murdras produzem efeitos fisiológicos e psíquicos benéficos,
proporcionando a saúde psicossomática, o equilíbrio dinâmico e a harmonia interna. A palavra sânscrita Mudra deriva de duas raízes, mud e ra, tendo diversos significados.
Pode ser traduzida por deleite, alegria ou prazer, pois ao conectar as correntes de energia solar e lunar nos canais e centros energéticos ou psíquicos do praticante, esse experimenta a consciência do prazer.
Mudra dá uma sensação de bem-estar e felicidade.
Outro significado para Mudra é magia ou encanto, pois, como num passe de mágica ou num encantamento, um determinado gesto corporal conduz o indivíduo a um respectivo estado de
mente calma ou feliz. Assim, os mudras são também chamados gestos de poder.
São muito usados no Yoga e nas danças indianas, pois fazem uma reverência a vários aspectos das divindades hindus
e da natureza. Nos textos tântricos, que expõem um Yoga muito antigo, os mudras estão diretamente ligados aos rituais.
Associados à entoação de sons e à visualização mental,
simbolizando o corpo (mudra), a palavra (mantra) e o espírito
(visualização), acontece a invocação da divindade que se deseja estar em comunhão.
Os mudras, encerram um simbolismo profundo,
cujo objetivo é unificar a dualidade, como por exemplo,
unir a consciência individual à consciência cósmica, o prana solar ao prana lunar, a matéria ao espírito.
Os Mudras são gestos que nos permitem sintonizar 
com frequências específicas de energia do Universo. Quando colocamos as mãos em Mudras, elas atuam
como antenas canalizando as energias de cura para todos os aspectos de nosso Ser. Isso funciona porque nosso corpo é composto de 5 elementos: terra, água, fogo, ar e espaço.
Cada um destes elementos está relacionado com um de
nossos sistemas fisiológicos, e também com certas qualidades.
Os gestos, como selos, fixam na mente um estado particular e
favorável.
Todos nós experimentamos o carácter arquetípico dos mudras quando, num determinado estado emocional ou numa situação específica, realizamos um gesto que qualquer outro ser
humano, em qualquer parte do planeta e em qualquer outra época, também o faz.
Por exemplo, quando juntamos as mãos em prece para orar,
reverenciar ou em sinal de agradecimento. Ou quando abanamos a mão para cumprimentar uma pessoa, num encontro ou numa despedida. São gestos universais, que as pessoas fazem, em
todas as partes, desde a antiguidade.
Muitos gestos corporais estão no inconsciente coletivo, ou, como dizem os orientais, estão no Akasha, o espaço cósmico, onde estão armazenados todos os conhecimentos da Humanidade, desde os primórdios.
Um gesto frequentemente usado no Hatha Yoga para
dar suporte à concentração e à meditação é o
jñana mudra, símbolo da sabedoria ou do conhecimento,
em que a ponta do indicador e a ponta do polegar se unem e ou outros dedos permanecem estendidos.
O polegar representa a alma universal, e o indicador, a alma
individual, que se unem para facilitar o estado
interior de integração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here